“A JOANINHA LELÉ”: TRABALHANDO COM CONVITES E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

 
  Segue o material enviado pela Professora Luciana:  

 Convites e cartões 

1.História: A joaninha  Lelé ( Gerusa Rodrigues Pinto)
2. Interpretação da história
3.Explicar a finalidade de um convite e suas características( mensagem que comunica um acontecimento, data, horário, local do evento, nome do remetente e do destinatário)
4. Lista com os diversos tipos de convite que os alunos conhecem ( casamento, batizado, missa, formatura, aniversário, festa na escola, . . .
5. Produzir um convite para um determinado acontecimento na escola/ na cidade.
6. Levar para a sala diversos tipos de cartões: postais, de visita, de aniversário, casamento, para que os alunos possam classificá-los.
7. Produção de cartões de Natal para a família.
8. Atividades em anexo.
Atividades com cartões de Natal
Professor, como você bem sabe, o cartão de Natal é um texto/correspondência tradicionalmente enviado durante as celebrações natalinas em várias partes do mundo.
É provável que todos os alunos conheçam um cartão de Natal. No entanto, organize-os alunos em grupos de 4 ou 5 e peça que os mesmos pesquisem as seguintes informações:
  • o período do ano que esse gênero é comumente produzido/enviado (nas semanas que antecedem ao Natal);
  • os tipos de mensagens tradicionais desse gênero (Feliz Natal e um Próspero Ano Novo);
  • as ilustrações tradicionais do gênero (sinos, Papai Noel, pombos, Bíblia, etc);
  • como se dá o envio do cartão de Natal;
  • a relação religiosa entre o cartão e o cristianismo.
Atividade 1:
Para essa atividade, seria interessante que você indicasse somente uma pesquisa oral. Com os adventos da modernidade, boa parte dos cartões são digitais.  No entanto, uma conversa com pais, avós e parentes será reveladora acerca da importância que já foi dada a esse tipo de correspondência.
Sugira que eles busquem com seus parentes possíveis cartões recebidos em anos anteriores. Esses exemplos serão de grande valia para que os alunos percebam o quanto as pessoas consideravam importante essa prática social.
Observação: dependendo da região do país, o envio e recebimento de cartões de Natal ainda seja recorrente. Nesse sentido, não estamos afirmando que essa tradição tenha sido esquecida.
Após a pesquisa oral, organize a turma em um círculo e peça que os grupos apresentem. Direcione perguntas aos alunos para que suas falas não fiquem repetitivas. Dessa forma, delimite, a partir dos pontos supracitados, qual será o enfoque de cada um dos grupos.
Atividade 2:
Primeiramente, o aluno produzirá um cartão de Natal que terá como destinatário todos os colegas da turma.
Consiga revistas e folhetos do período do ano relativo ao Natal. Os mesmos trazem várias ilustrações que poderão ser utilizadas pelos alunos. Peça, também, que eles tragam de casa imagens e fotografias que possam representar essa festividade.
Distribua pedaços de cartolina (14cm x 18cm). Dobrados ao meio, os mesmos terão o tamanho de um cartão de Natal tradicional.
Individualmente, os alunos produzirão um cartão de Natal:
  • que  possua uma ilustração de sua escolha na frente (não há a necessidade de ser uma imagem tradicional);
  • que  possua uma mensagem de sua autoria no interior (não há a necessidade de ser uma imagem tradicional);
  • que  tenha como destinatário todos os colegas da turma.
Após a produção dos cartões, que deverá ser desenvolvida em sala de aula, promova uma rodada de leitura dos mesmos.
Atividade3:
A partir dos cartões produzidos na aula anterior, os alunos deverão, em conjunto, organizar uma mural com os mesmos.
Consiga folhas de papel pardo (kraft) para que os cartões possam ser colocados de modo que possam ser visualizadas a imagem e a mensagem produzida pelos alunos.
Procure afixar o mural com os cartões nos corredores da escola, para que os colegas de outras turmas e outros membros da comunidade escolar possam contemplá-los.
Atividade 4:
Professor, o principal objetivo dessa atividade é que os alunos se desloquem até uma agência do correio para enviar uma correspondência. Assim, você poderá escolher que os alunos produzam um novo cartão ou que comprem um modelo em uma papelaria qualquer.
Eles deverão trazer para a sala:
  • um cartão de Natal (se optar pelo modelo pronto);
  • um envelope que caiba o mesmo;
  • o endereço completo (CEP, rua, número, bairro) de um destinatário a escolher (parente, amigo, etc).
Reunidos, proponha que eles escrevam uma mensagem no cartão destinada a um parente distante ou um amigo que se mudou. Incentive que os alunos façam cartões para alguém que eles não vêem com recorrência. Isso dará o real sentido desse gênero.
Após a escolha do destinatário e a escrita da mensagem, os alunos deverão envelopá-lo. Caso os mesmos não conheçam o padrão de preenchimento de um envelope, auxilie-os nesse momento.
Atividade 5:
Promova um momento em que todos possam visitar uma agência dos correios para postar os cartões. Caso seja inviável, você poderá verificar se a instituição postal possui um funcionário que possa comparecer a escola para selar e receber tais correspondências. Há casos em que os correios disponibilizam funcionários para palestras e ações de cidadania em escolas. Procure inteirar-se disso. Enriqueceria bastante a sua atividade.
É provável (e de bom tom!) que os alunos recebam cartões de resposta/agradecimento de seus destinatários. Você poderá, posteriormente, promover uma rodada de leitura dos mesmos.
Indicamos ainda que você, se possível, envie um cartão de Natal para os seus alunos, por correio. Eles se sentirão lisonjeados!
Para concluir, você poderá demonstrar a modalidade virtual dos cartões de Natal.

 INTERPRETAÇÃO DE TEXTO ATIVIDADES.  

     
Cadastre-se e Receba as Postagens por EmailDigite seu Email:

Author: madududa

8 thoughts on ““A JOANINHA LELÉ”: TRABALHANDO COM CONVITES E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *